Português
Gamereactor
especiais
Hearthstone: Heroes of Warcraft

Tivemos uma aula de Hearthstone na Universidade de Scolomantia

Leia aqui a nossa entrevista com dois produtores da Blizzard.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Nota: Esta entrevista foi realizada com um grupo de outros jornalistas, e foi editada para a conveniência do leitor.

Para a próxima expansão de Hearthstone - a segunda do Ano da Fénix seguindo-se a Cinzas de Terralém -, os jogadores irão regressar à Academia de Scolomantia, uma das masmorras mais memoráveis do World of Warcraft clássico. Há pouco tempo tivemos a oportunidade de conversar com o designer principal de narrativa Dave Kosak e o designer principal de conjuntos Alec Dawnson sobre as novidades da expansão, mas antes da conversa em si ter começado, ambos partilharam a visão das respetivas áreas para Academia de Scolomantia.

Dave Kosak: "Se jogaram World of Warcraft devem recordar Scolomantia como uma escola partida e assombrada, cheia de mortos-vivos e práticas de necromancia. Para Hearthstone, contudo, criámos uma versão da escola que mostra como teria sido o seu auge, quando ainda era a principal escola de magia de Azeroth, e como seria para as dez classes de Hearthstone treinar lá. Com essa ideia criámos uma expansão com mecânicas que exploram essa premissa, e divertimos-nos imenso a fazê-lo, pensando em como podíamos apresentar a universidade, os estudantes, os professores, e claro, o reitor Kel'thuzad antes de se tornar num vilão."

Alec Dawson: "Scolomantia é uma escola de magia, o que significa que vai usar muitos feitiços. Foi por isso que criámos a nova mecânica Sortilégio, atribuída a alguns lacaios e a algumas armas. Ao jogar uma carta com Sortilégio irá acrescentar um efeito extra ao próximo feitiço que lançar. Outra grande novidade são as cartas Dual-Class, que estão disponíveis para duas classes em vez de apenas uma. Isto significa que as classes terão acesso a mais cartas do que alguma vez tiveram, e claro, mais possibilidades. Por último temos os Estudos, um novo tipo de feitiço que custa 1 de mana e que permite descobrir algo, reduzindo o custo do próximo feitiço do mesmo tipo em 1 de mana."

Alec Dawson também mencionou que foi bastante importante para a equipa manter a identidade de cada classe, mesmo com a introdução das cartas Dual-Class. Segundo o produtor estas cartas são sobre explorar as semelhanças de algumas classes, e não sobre retirar o que torna cada classe única, ou acrescentar algo que não faça sentido para a classe em questão. Dave Kosak confirmou ainda que das 135 cartas das expansão, 40 serão Dual-Class.

Hearthstone: Heroes of Warcraft

Uma das cartas mais curiosas que a Blizzard revelou até ao momento é Aluno Transferido, um lacaio 2/2 que custa 2 de mana, mas cujo efeito é determinado pelo tabuleiro em que se passa a partida. A ideia é que Aluno Transferido apresente um efeito típico da expansão ligada ao tabuleiro, o que significa que se a partida for no tabuleiro de Scolomantia, o Aluno Transferido permitirá descobrir uma carta Dual-Class, por exemplo. "Estamos sempre à procura de maneiras de expandir as possibilidades do que um jogo digital de cartas pode ser, e acreditamos que Aluno Transferido mostra bem isso, e define o que Hearthstone é e pode ser."

Este conceito das cartas Dual-Class parece interessante, mas também deve ser um pesadelo para equilibrar o jogo. Considerando que as expansões anteriores sofreram de sérios problemas de equilíbrio nos dias de lançamento, perguntámos a Alec Dawnson como estão a tentar resolver essa questão para A Universidade de Scolomantia: "Este ano começamos a ter uma atitude muito mais pró-ativa em relação ao equilíbrio. Se encontrarmos algo que não esteja a ser saudável para o jogo, vamos agir de imediato e arranjar uma solução. Especificamente em relação às cartas Dual-Class, terá de ser caso a caso, mas fiquem seguros de que iremos mudar as cartas tão rápido quanto possível se estiverem a prejudicar o jogo de alguma forma."

Segundo Dave Kosak, trabalhar num jogo de cartas como Hearthstone pode ser muito divertido, e para o caso de Universidade de Scolomantia, parte dessa diversão passou por imaginar como seria a escola no passado. O designer principal de narrativa também avisou para os jogadores estarem atentos a segredos e referências nas cartas e na arena, já que irão apontar para a inevitável corrupção de Kel'thuzad e da universidade em si.

Hearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of Warcraft

Numa perspetiva mais mecânica, Alec Dawson falou de como Sortilégio pode mudar de acordo com a estratégia do jogador, utilizando Anotador Diligente como exemplo. Anotador Diligente é um lacaio 2/3 que custa 3 de mana, e que tem um Sortilégio que devolve o próximo feitiço usado à mão do jogador. Ora, nas mãos de um jogador de controlo, Anotador Diligente pode servir para reciclar os melhores feitiços de controlo, enquanto que um jogador mais ofensivo pode usar Anotador Diligente para bombardear o oponente com dano ou para reforçar ainda mais os seus lacaios. Todas estas mecânicas em torno de feitiços devem aumentar o número de feitiços nos baralhos dos jogadores, mas Dawson assegurou que vão existir formas de contrariar esses feitiços, inclusive com lacaios neutros que ainda não foram revelados.

Também questionámos Dave Kosak sobre a possibilidade de Hearthstone eventualmente apanhar a linha temporal de World of Warcraft, como Shadowlands, por exemplo, mas o designer principal de narrativa revelou um motivo curioso para isso não acontecer - a hipótese de revelarem algo que não devem acerca de World of Warcraft. Dave Kosak até deu um exemplo de quando isso quase aconteceu, que passamos a relatar em baixo.

Spoiler de WoW: Durante a criação da expansão Ringue do Rastakhan, WoW também estava a apresentar muito conteúdo à base de Trolls, e ambos partilhavam uma personagem, a Rainha Talanji. O problema? Talanji não começa a aventura como rainha, mas como princesa, e os jogadores só descobrem que se torna rainha se seguirem a sua história em Battle for Azeroth. Segundo Dave Kosak foi por pouco que a carta Rainha Talanji não foi lançada ao público, o que estragaria uma surpresa de WoW. A carta acabou por ser alterada a tempo, tornando-se na Princesa Talanji que está neste momento no jogo. :Fim de Spoiler

Quanto a conteúdo de história para O Ano da Fénix, Dave Kosak confirmou que estão a trabalhar em algo, que será gratuito para os jogadores, mas não quis revelar detalhes. Fica então por aqui a nossa entrevista a Dave Kosak e Alec Dawson, mas pode ler mais informações acerca da expansão na notícia de revelação.

Hearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of Warcraft
Hearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of Warcraft
Hearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of Warcraft
Hearthstone: Heroes of WarcraftHearthstone: Heroes of Warcraft

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.