Português
antevisões
Marvel's Avengers

O que adorámos e o que não gostámos da beta de Marvel's Avengers

O jogo oficial dos Vingadores impressionou-nos em alguns campos, mas nem tudo foi positivo.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Marvel's Avengers começou a ganhar mais entusiasmo depois das transmissões recentes dos produtores, onde revelaram novos pormenores do jogo e mostraram segmentos mais variados de jogabilidade, mas permanecem muitas dúvidas em torno do projeto. O facto de ser uma experiência online persistente, com sistema de loot, é algo que tem causado alguma preocupação entre os fãs, mas agora que experimentámos a versão beta, temos uma ideia mais clara do que esperar... de positivo e de negativo.

O que mais nos impressionou na beta de Marvel's Avengers a que tivemos acesso foi o combate, o que não é de estranhar, considerando que o seu responsável maior - Vincent Napoli - foi uma das peças vitais na criação do fantástico sistema de combate do mais recente God of War. Apresentar uma jogabilidade que seja divertida e funcione bem, independentemente de se estar a controlar Viúva Negra, Hulk, Capitão América, Thor, Kamala Khan, ou Homem-de-Ferro, é um tremendo testamento ao esforço da equipa de produção. Cada personagem é única, com o seu próprio estilo de jogabilidade, mas todas funcionam de forma espetacular. Correr furiosamente como Hulk em direção a um grupo de inimigos, para depois agarrar um pobre coitado e espancar os seus amigos com o seu corpo, é uma demonstração clara da força bruta do alter-ego de Bruce Banner, mas uma experiência muito diferente de utilizar combinações de golpes, armas de fogo, e movimentos ágeis com Viúva Negra. O importante é que ambos funcionam bastante bem, assim como voar para os céus, invocar relâmpagos, e arremessar o Mjölnir com Thor. O facto das personagens serem tão diferentes, mas igualmente divertidas, é um elemento que acrescenta grande valor de repetição às missões.

Outro factor que acrescenta valor de repetição às missões é o facto de alguns elementos se ajustarem de acordo com a personagem. Depois de completarmos uma missão com Kamala Khan decidimos repeti-la com Homem-de-Ferro, e tivemos uma experiência ainda mais distinta do que esperávamos, já que encontrámos novos tipos de inimigos, baús de loot, e até puzzles. Não são alterações drásticas, mas considerando que Marvel's Avengers é um jogo que vai incentivar a algum grind e a repetição, é bom saber que existem vários fatores que ajudam a atenuar a fadiga inerente a essas ações, algo que não acontece noutros jogos do tipo.

Marvel's Avengers
Square Enix

A beta não permitiu vislumbrar muito da história, mas mostrou o suficiente para nos deixar intrigados em relação à narrativa e às personagens. Existem inúmeras referências a filmes e a banda desenhada, suficientes para que até os fãs mais casuais da Marvel apanhem algumas. Os mais devotos, contudo, vão certamente apreciar o esforço posto nas interações entre os Vingadores, incluindo em termos de desempenho dos atores, já que o jogo conta com um elenco recheado de grandes nomes dos videojogos, como Troy Baker, Laura Bailey, Nolan North, e Travis Willingham, entre outros. Esta amostra, e o que vimos no passado, leva-nos a crer que será uma história séria, com impacto, mas povoada por vários momentos mais leves e até divertidos.

A beta confirmou algumas das nossas maiores expetativas, mas também receios, como o sistema de loot. Durante a aventura irá apanhar várias peças de equipamento que têm de facto um grande impacto no desempenho das personagens, mas estas peças não têm qualquer relevância para o visual do herói ou da heroína. Existem alguns elementos que mudam, como a cor dos laseres de Homem-de-Ferro, mas pouco mais, e isso é muito desapontante considerando o quão importante é o visual para este tipo de experiência online. De que serve ter uma peça espetacular, se ninguém consegue perceber isso olhando para a personagem? Para alterar o aspeto da personagem terá de adquirir fatos específicos, que só cumprem precisamente um propósito cosmético. Compreendemos a decisão, mas isto retira naturalmente alguma importância às peças de equipamento.

A interface, os menus, e as sinaléticas, são outros elementos que precisam de ser trabalhados, já que são bastante genéricos e pouco eficazes. Ver as descrições dos itens e das habilidades, por exemplo, é um processo excessivamente aborrecido e longo, que deveria ser simplificado. Os Vingadores e um jogo oficial da Marvel merecem algo mais criativo e prático do que está presente na beta, mas não sabemos se será alterado ou não.

Estas falhas que referimos têm a sua importância, claro, mas estão longe de estragarem a experiência de jogo. A verdade é que nos divertimos imenso com esta versão beta de Marvel's Avengers, e muito disso veio da jogabilidade, da forma como as personagens foram recriadas, e das interações entre os heróis. Outras questões relacionadas com a experiência de jogo a médio e longo prazo, algo muito importante para jogos deste tipo, só podem ser respondidas com a versão final, mas para já, ficam boas impressões - suficientes para acalmarem alguns dos receios que tínhamos em relação a Marvel's Avengers.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Marvel's AvengersMarvel's Avengers
Square Enix
Marvel's AvengersMarvel's AvengersMarvel's Avengers

Textos relacionados

Marvel's AvengersScore

Marvel's Avengers

ANÁLISE. Escrito por Eirik Hyldbakk Furu

Se é fãs dos Vingadores, vale a pena pela campanha, mas o jogo está longe de atingir o seu potencial.



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.