Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
notícias
Assassin's Creed

Missões extra de Assassin's Creed foram acrescentadas cinco dias antes do lançamento

E aparentemente foi tudo 'culpa' do filho do CEO.

Uma das maiores críticas ao primeiro Assassin's Creed prende-se com a ausência de conteúdo extra, e de atividades para o jogador fazer no mundo aberto, mas pelos vistos até podia ter sido pior.

Charles Randall, que foi um dos produtores que trabalhou no jogo, partilhou uma história do desenvolvimento de Assassin's Creed na sua conta de Twitter, referindo que algumas missões secundárias só foram acrescentadas nos dias que antecederam o lançamento. As missões em específico dizem respeito às tarefas que o jogador pode realizar para obter mais informações acerca dos seu alvos templários.

Segundo Charles Randall, tudo aconteceu depois do filho do CEO (o produtor afirma que foi isto que ouviu, mas não tem a certeza absoluta que tenha sido o caso) ter jogado uma versão praticamente final de Assassin's Creed, altura em que classificou o jogo como "aborrecido".

O estúdio decidiu então implementar algumas missões secundárias, com apenas cinco dias até ao lançamento, e isso foi feito por quatro ou cinco produtores fechados numa sala.

Embora reconheça que foram cinco dias difíceis, Charles Randall afirmou também que foi trabalho voluntário de todos os envolvidos, que foi trabalho que acrescentou valor ao jogo, e aponta Assassin's Creed como um dos jogos com processo de desenvolvimento mais pacífico.

Assassin's Creed

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte