Português
Gamereactor
antevisões
Little Nightmares 2

Little Nightmares 2 - Antevisão Final

Jogámos o segundo capítulo desta aventura arrepiante, e estamos prontos para as nossas últimas impressões antes da análise.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Nunca se sabe muito bem o que pode sair de uma sequela. Algumas conseguem aproveitar o que os originais tinham de bom, e catapultam-se para níveis superiores, enquanto que outras perdem o encanto e a originalidade, sem nunca conseguirem superar ou até igualar o produto original. Little Nightmares não é o melhor indie de sempre, nem nada que se pareça, mas é uma aventura arrepiante bastante peculiar, do qual somos fãs. Assim, foi com algumas reservas que abordámos esta sequela, já que acreditamos que existe muito espaço para Little Nightmares crescer.

Felizmente foi com essa sensação que ficámos depois de nova sessão de jogo, agora com foco no segundo capítulo da aventura, denominado The School. Aqui, o novo protagonista Mono terá a missão de tentar resgatar Six, a protagonista do jogo anterior, que foi sequestrada por um grupo de criaturas conhecidas como Bullies. Isto significa que terá de percorrer corredores sombrios e mal iluminados de uma escola do século 19, e mais uma vez, a Tarsier Studios mostra que é perita na criação de ambientes macabros e desconfortáveis.

Num diário de produção recente, um dos produtores descreveu The School como uma espécie de prisão em forma de escola, e foi exatamente com essa sensação que ficámos. Os Bullies são autênticos brutos, sem qualquer cuidado, enquanto que The Teacher percorre as salas de aula com a régua na mão. Um verdadeiro pesadelo de crianças tornado realidade, que vai ficando cada vez mais assustador com o passar dos minutos. Aliás, se acha que a professora já é arrepiante quando está nas aulas, espere até que seja visto por ela nas secções furtivas. A forma como estica o seu enorme pescoço é particularmente medonha, e algo que não queremos ver novamente na análise.

Little Nightmares 2

The School inclui um misto de sequências furtivas, plataformas, puzzles, e perseguições, tudo jogado numa perspetiva lateral fixa apesar do grafismo 3D. Ficámos particularmente surpreendidos com as sequências furtivas, já que a Tarsier Studios apresentou sempre algo distinto para manter a jogabilidade variada e inesperada. Por exemplo, se no primeiro capítulo é preciso segurar o fôlego para fugir a um caçador, em The School tivemos de usar a cabeça de um dos Bullies (são feitos de barro) para nos misturarmos com os restantes 'alunos'.

O jogo beneficia também de incluir agora duas personagens, já que a jogabilidade obriga a ter sempre em conta a presença de Six (quando estão juntos). Por vezes terá de encontrar caminhos alternativos para cada personagem, enquanto que outras ocasiões obrigam a uma cooperação de ambos, incluindo saltar na esperança que Six agarre a nossa mão, ou vice-versa.

Este segundo capítulo também permitiu ter um vislumbre do sistema de combate, que foi o elemento menos positivo da demo. Tanto o timing, como a sensação das armas, para derrubar Bullies distraídos, pareceram estar a precisar de afinamento. Não será um jogo de ação ou combate, longe disso, mas se o que jogámos nesta demo servir de exemplo, preferíamos que não houvesse qualquer tipo de combate, ainda que ligeiro.

O que jogámos de Little Nightmares 2 sugere uma sequela de grande qualidade, com cenários e situações criativas, um ambiente medonho, e jogabilidade variada. Falta, claro, ver o resto do jogo, mas as nossas impressões para já são bastante positivas. Little Nightmares 2 será lançado a 11 de fevereiro, e nessa altura pode contar com a nossa análise detalhada.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Little Nightmares 2Little Nightmares 2

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.