Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
Gamereactor
antevisões
Kirby and the Forgotten Land

Kirby and the Forgotten Land - Últimas Impressões

A Nintendo deixou-nos experimentar a primeira aventura 3D de Kirby, e a sensação foi bastante boa.

HQ
HQ

A 25 de março, a Nintendo e a HAL Laboratory irão lançar o primeiro jogo de plataformas 3D da série Kirby, precisamente Kirby and the Forgotten Land, uma aventura que promete ser vibrante e charmosa, apresentando o pequeno herói cor-de-rosa como nunca o vimos. É um momento especial na franquia, e como tal fomos convidados para experimentar uma versão praticamente final do jogo, para percebermos exatamente o que esta transição para 3D implica para Kirby.

Nesta história Kirby é sugado da sua terra-natal por uma estranha fenda no céu, juntamente com vários outros habitantes de Waddle Dees. A bola cor-de-rosa acaba por acordar numa praia, mas depois de um pequeno percurso por uma floresta, descobre que está nas ruínas de uma civilização antiga (a nossa). Aí descobre que nesta estranha terra existem seres maléficos, que começaram a raptar os seus amigos de Waddle Dees. Kirby decide então tentar salvar a sua população, enquanto aproveita para explorar o novo estranho local e os seus mistérios.

A transição de uma jogabilidade 2D para 3D significa que o jogador terá mais liberdade de movimento e de exploração em comparação com os jogos mais típicos de Kirby. É uma estrutura muito parecida com a de Super Mario 3D World, no sentido em que os níveis são relativamente lineares, mas que ainda assim escondem vários segredos e oportunidades de exploração. Pelo caminho irá encontrar Star Coins para gastar nas lojas, além de outros objetos úteis.

Publicidade:
Kirby and the Forgotten Land

Kirby and the Forgotten Land parece ser um jogo muito fácil e acessível. Do que vimos até aqui, os níveis não foram desenhados para serem complexos, os puzzles têm soluções relativamente simples, não existe um sistema tradicional de vidas, e as poucas áreas que exigem algum esforço geralmente têm um design para que seja basicamente mais difícil falhar que ter sucesso. Isto, claro, tendo em conta o que vimos no primeiro mundo.

Mas mesmo que não pareça ser um jogo particularmente desafiante, pelo menos é divertido. Forgotten Land é um jogo exuberante e colorido (está maravilhoso na switch OLED), com boa diversificação e várias formas de exploração. O primeiro mundo tem cinco níveis para ultrapassar, cada um com uma temática única, seja um centro comercial, uma pradaria verdejante, ou um túnel escuro. Cada nível tem depois um inevitável boss no final, como não podia deixar de ser num jogo deste tipo.

Embora o objetivo seja simplesmente chegar ao fim de cada nível, existem outras tarefas e objetivos secundários que pode tentar realizar, incluindo salvar os companheiros de Kirby. Isto pode ser tão simples quanto encontrar Waddle Dees perdidos, como algo mais obscuro como remover um poster de procurado ou acender lanternas ao longo de um nível. Por vezes irá encontrar deparar-se com estas tarefas secundárias e completá-las simplesmente explorando, enquanto que noutras ocasiões só ficarão disponíveis quando repetir um nível. Mas independentemente de como encontrar estes objetivos secundários, normalmente envolvem utilizar os vários power-ups que Kirby pode adquirir durante a aventura.

Publicidade:

Primeiramente, Kirby pode adquirir dois tipos diferentes de power-ups. Um é o estilo tradicional em que Kirby pode sugar um inimigo ou um item para ganhar as suas habilidades, que pode ir desde uma espada parecida com The Legend of Zelda, à capacidade para lançar bolas de fogo, bumerangues, bombas, e gelo, por exemplo. Cada uma destas permite movimentos próprios, como a espada que pode ser usada para atacar inimigos. Aliás, raramente irá jogar com a versão base de Kirby, já que é muito provável que esteja numa das suas formas alternativas, que pode melhorar e evoluir ao longo do jogo.

Kirby and the Forgotten LandKirby and the Forgotten Land

O outro grande conjunto de habilidades gira em torno do divertido novo modo Mouthful, que permite que Kirby sugar certos objetos para assumir o seu controlo temporário. É um pouco diferente do modo tradicional, pois Kirby só pode fazer movimentos específicos ao usar o modo Mouthful e, da mesma forma, só pode usar certos objetos do modo Mouthful em determinados lugares de cada nível. Por exemplo, Kirby pode engolir um carro que depois pode conduzir, ou uma máquina de vendas para cuspir objetos.

Como nota final, poderá explorar a cidade de Waddle Dee, não só para melhorar as suas capacidades, mas também para interagir com personagens e lojas. Por exemplo, desbloqueámos um cinema para ver as sequências de vídeo, um café com um mini-jogo, e até uma casa onde Kirby pode relaxar. Quantos mais Waddle Dees salvar, maior ficará a cidade, e mais serão as opções disponíveis.

O nosso tempo com Kirby and the Forgotten Land ficou-se pelo primeiro mundo, mas já estamos completamente apaixonados por esta nova aventura de Kirby. Parece ser um jogo altamente adorável, divertido, e acessível, com um charme muito peculiar. E honestamente, ao ver o que se passa neste momento no mundo, sabe bem escapar para algo tão colorido e encantador quanto Kirby and the Forgotten Land. Estamos ansiosos para jogar o resto a 25 de março.

HQ
Kirby and the Forgotten LandKirby and the Forgotten Land
Kirby and the Forgotten LandKirby and the Forgotten LandKirby and the Forgotten Land

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte