Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.

Português
especiais

Jade Raymond fala de Splinter Cell, Assassin's Creed e... Evolve

O Gamereactor entrevistou a produtora durante a sua visita a Barcelona.

Como já devem ter percebido nos últimos dias, o Gamereactor marcou presença na Gamelab, evento de videojogos em Barcelona, e aproveitámos para conversar com Jade Raymond, mais conhecida por ser uma das produtoras originais de Assassin's Creed. Agora encarregue da Ubisoft Toronto, Raymond liderou também a produção de Splinter Cell: Blacklist.

Em baixo podem ver a entrevista completa, em vídeo e em inglês, mas aqui fica um resumo dos tópicos:

Sobre o modo cooperativo de Assassin's Creed: Unity
"Estou muito entusiasmada que seja finamente possível jogar Assassin's Creed em modo cooperativo com amigos, penso que isso é algo que vai acrescentar bastaste à experiência de ser um assassino, embora num grupo e com amigos. Melhor ainda quando é num ambiente tão impressionante como o da revolução francesa."

Sobre o feedback de Splinter Cell: Blacklist
"Alguns dos fãs mais antigos estavam receosos que o jogo tivesse ficado mais acessível e fácil, mas não foi isso que aconteceu; se jogarem [na dificuldade] Realistic, vão ter um bom desafio. Muitos fãs gostaram de ver um pouco de Chaos Theory em Blacklist".

Sobre a atualidade da Ubisoft Toronto
"Já somos 350, por isso estamos quase a meio do nosso objetivo de atingirmos os 800 [funcionários]. E o estúdio até pode crescer para além disso. Penso que o nosso grande foco neste momento é continuar com um espírito de estúdio pequeno, apesar de continuarmos a crescer e de estarmos a trabalhar em vários projetos. É uma fase diferente neste momento, porque éramos uma só equipa num projeto e agora existem cinco projetos diferentes."

No que gostaria de ver em realidade virtual
"Em termos de realidade virtual, adorava ver uma espécie de jogo de parkour sem gravidade, onde estão num fato espacial a saltar e a ter uma experiência parecida com a que só alguém como Chris Hadfield [astronauta canadiano] consegue ter."

O que está à espera de jogar
"Como jogadora estou muito entusiasmada com Evolve. Penso que tem um aspeto fantástico. É mesmo o meu tipo de jogo, com um conceito muito simples de ação cooperativa com papéis [classes] tradicionais. Mas do outro lado existe um único jogador, e esse jogador de certa forma tem uma experiência mais parecida com um jogo a solo."

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Jade Raymond fala de Splinter Cell, Assassin's Creed e... Evolve


A carregar o conteúdo seguinte