Português
Gamereactor
análises
Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy

Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy

Uma sequela que chega apenas um ano depois do original, mas que consegue mesmo assim apresentar qualidade.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade

Exceção feita a jogos como Assassin's Creed e Call of Duty, que são feitos por vários estúdios e empresas via outsourcing, não é costume ver sequelas com apenas um ano de diferença para o antecessor, mas é esse o caso de Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy, que chega um ano depois de Atelier Ryza: Ever Darkness & the Secret Hideout Isto pode causar receio de que não existam muitas novidades, e até certo ponto isso é verdade, mas mesmo assim acabámos por acreciar o nosso tempo com este RPG japonês.

Em Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy vai controlar novamente Reisalin Stout, numa aventura que arranca três anos depois do jogo anterior. Motivada pelo amigo Tao, Ryza viajou até à capital Ashra-am Baird para montar uma agência, a partir de onde irá dar início a expedições para investigar ruínas antigas. O seu objetivo? Descobrir o mistério das Lendas Perdidas.

Pelo caminho irá reencontrar os companheiros do jogo anterior, embora apenas Tao, Klaudia, e Lent sejam jogáveis - Empel e Lila assumem papéis mais secundários. Vai também encontrar alguns companheiros novos, como a fada Fii, a ricaça Patricia, o caçador de tesouros Clifford, e o misterioso Serri. Foi bom rever alguns dos nossos antigos companheiros, mas os novos membros do elenco também provaram ser um bom encaixe no grupo.

Em relação à jogabilidade, o sistema de alquimia é mais uma vez uma componente importante de toda a experiência de jogo. Terá de procurar recursos e materiais de forma a modificá-los em ferramentas, armas, e consumíveis. Conforme avança através da sua condição de alquimista, poderá também continuar a evoluir estes materiais e itens, através do processo Linkage Synthesis.

Existem vários tipos de materiais e elementos que pode juntar para completar o processo, e isso também determina as vantagens ou capacidades do item. Por exemplo, areia é um material, e vento é um elemento, mas se juntar os dois pode obter resultados interessantes. Vale a pena experimentar com este sistema, até porque existe uma nova camada de Essence que permite alterar as características elementais do objeto para obter resultados diferentes.

Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy

Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy é um RPG japonês perfeitamente tradicional, com exploração livre em 3D e combates por turnos, que se ativam depois de atingir um inimigo durante a exploração. No campo de batalha podem estar três personagens do grupo, mas embora só possa comandar uma de cada vez, pode alternar entre as três a qualquer momento. O combate não espera pela vez de cada personagem, utilizando antes um sistema em que cada personagem tem de aguardar que a sua barra de ação encha. Os ataques básicos permitem aumentar os pontos de ação do grupo, que podem depois ser usados em habilidades especiais. Essas habilidades geram depois "Core Charges", que são necessários para usar itens. Existe aqui uma sinergia simples, mas engraçada, entre cada camada do combate.

Os itens devem ser usados de forma estratégica, através de dois tipos de ações. Quick Item permite usar um item de forma instantânea, mesmo que não seja a vez da sua personagem, e Item Rush permite usar vários itens seguidos quando chegar a sua vez. Os dois tipos de ações dependem no entanto do número de Core Charges que tem - não pode usar Item Rush se só tiver Core Charges suficientes para um item, por exemplo. Mais do que noutros RPG japoneses, os itens em Atelier Ryza 2 podem fazer uma grande diferença nos combates, e ganhar uma batalha devido a uma boa utilização desses itens, pode ser muito recompensador.

Atelier Ryza 2 não arrisca muito em termos narrativos, embora comece a ficar um pouco mais negro perto do final, como o primeiro jogo. Uma grande parte da história é contada através de sequências cinemáticas, mas deve preparar-se para longas sessões de exposição em relação aos locais e às personagens. Existem problemas de ritmo, e um número exagerado de sequências, de tal forma que é provável que muitos jogadores se irritem com a sua frequência. Nós gostámos, e achámos as sequências divertidas e encantadoras, mas sabemos que não são para todos os gostos.

A estrutura de jogo implica a exploração de ruínas, conforme Ryza e amigos tentam desvendar mais pormenores acerca das lendas perdidas, mas estas ruínas servem também para encontrar itens, recursos, e cumprir outros objetivos. Considerando o quão vibrante é o mundo exterior, ficámos desiludidos com a falta de imaginação das ruínas, e por vezes tornou-se mesmo aborrecido continuar a jogar. O mundo exterior é mais divertido, até porque pode aceder a um maior número de ações, incluindo nadar, trepar, montar criaturas, e até usar ganchos para chegar a locais elevados.

Gostámos dos ambientes e do estilo das personagens, muito inspirado por animação japonesas, mas trata-se de um jogo que vive sobretudo das cores e do estilo. A nível técnico é bastante modesto, com texturas básicas e modelos 3D datados, mas o estúdio sabe trabalhar bem dentro destas limitações, e o resultado final é bastante agradável. A banda sonora é também ela um excelente encaixe dentro do espírito ligeiramente juvenil do jogo.

Podemos dizer que passámos muitas horas de qualidade com Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy. É um jogo que não tenta nada de novo, e prefere claramente manter-se em estilos, temas, e estruturas, em que se sente confortável, mas é um bom RPG japonês. Fica uma recomendação muito alta para fãs da série, e também para quem aprecia este género mais tradicional de videojogos.

A assistir

Preview 10s
Next 10s
Publicidade
Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret FairyAtelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy
Atelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret FairyAtelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret FairyAtelier Ryza 2: Lost Legends & the Secret Fairy
08 Gamereactor Portugal
8 / 10
+
Sistema de alquimia foi melhorado. Combates são mais satisfatórios. Banda sonora encantadora.
-
Tem muitas semelhanças com o primeiro jogo. Graficamente parece datado. Exploração podia ser mais interessante.
overall score
Esta é a média do GR para este jogo. Qual é a tua nota? A média é obtida através de todas as pontuações diferentes (repetidas não contam) da rede Gamereactor

Textos relacionados



A carregar o conteúdo seguinte


Cookie

O Gamereactor utiliza cookies para assegurar que lhe proporciona a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar, vamos presumir que está satisfeito com a nossa política relativa a cookies.